fbpx

Sidebar

20
Sex, Maio

“Manifesto da Educação Nova” é tema de minicurso on-line

Evento vai destacar as propostas do documento de 1932 que buscou renovar a educação no País

Evento vai destacar as propostas do documento de 1932 que buscou renovar a educação no País

Publicado em 1932, o Manifesto da Educação Nova propunha ensino público, gratuito, universal, laico e obrigatório – Foto: Marcos Santos/USP Imagens
O Manifesto da Educação Nova: em Defesa da Educação Pública e da Formação Docente é o título do minicurso que a Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica da USP vai promover nesta terça-feira, dia 3, às 19 horas. O evento é gratuito e será transmitido ao vivo pelo canal da cátedra na plataforma Youtube. Não é necessário fazer inscrição.

O minicurso – que será ministrado pelas educadoras Ariadne Ecar e Diana Vidal – tem dois objetivos, de acordo com texto publicado no site da cátedra: “apresentar as propostas contidas no Manifesto, ressaltando as condições históricas que deram origem à carta-monumento, tanto do ponto de vista educacional quanto das disputas políticas; e deter-se mais especificamente sobre o modelo universitário de formação docente proposto e sobre o cenário de sua implementação nos Institutos de Educação do Rio de Janeiro e de São Paulo”.

Lançado em 1932, o Manifesto da Educação Nova foi assinado por mais de 20 intelectuais, entre eles os educadores Fernando de Azevedo e Anísio Teixeira. Considerado o marco inicial da renovação da educação no Brasil, ele propunha a valorização da educação pública, gratuita, universal, laica e obrigatória.

Fonte: Jornal USP

Conheça o ExpertEAD e tire seu curso do papel