"O Futuro da Educação": assista aos quatro episódios de websérie de GZH sobre rumos do ensino - Notícias EAD - Tenha um Moodle livre

Sidebar

20
Dom, Set

"O Futuro da Educação": assista aos quatro episódios de websérie de GZH sobre rumos do ensino

Notícias EAD

Os desafios para a área em período de pandemia e em tempos posteriores foram temas de conversas.

Os desafios para a área em período de pandemia e em tempos posteriores foram temas de conversas.

A pandemia de coronavírus gerou muitos desafios para a educação no país. A implementação de ensino remoto em diferentes etapas, o aumento das desigualdades entre as redes pública e privada e o maior envolvimento familiar com as atividades escolares são temas que têm envolvido professores e pesquisadores da área.

A situação imposta, no entanto, pode ser uma oportunidade de buscar exemplos, dicas e inovações para pensar quais rumos a educação deve tomar no cenário pós-pandemia. Foi pensando nisso que GZH publicou a websérie O Futuro da Educação.

Em quatro episódios (ao final do texto, você encontra todos), tivemos o propósito de debater e conversar com diferentes especialistas do tema. No primeiro, a convidada era a professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pesquisadora da área de tecnologias educacionais Patricia Alejandra Behar. A conversa tratou, principalmente, da tendência de um modelo híbrido para o Ensino Superior.

Perguntas e respostas sobre o retorno das aulas no RSPerguntas e respostas sobre o retorno das aulas no RS
Para Claudia Costin, professora visitante em Harvard e coordenadora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getulio Vargas, convidada do segundo episódio, a crise provocada pelo coronavírus evidenciou um problema histórico do sistema educacional brasileiro, mas que pode ser minimizado a partir de boas práticas já adotadas no país. É o caso das políticas para o Ensino Médio de Pernambuco e de alfabetização do município cearense de Sobral.

O que podemos tirar de exemplo a partir das experiências internacionais com a pandemia foi tema do terceiro episódio, com Alexandre Schneider, professor adjunto da Universidade Columbia, em Nova York, pesquisador da Fundação Getulio Vargas (FGV) e ex-secretário de educação de São Paulo. Segundo ele, não existe um modelo padrão a ser seguido no retorno às aulas, mas é importante observar, principalmente, que tipo de medidas foram adotadas para garantir a segurança de estudantes e educadores.

Com a neuropsicóloga Rochele Paz Fonseca, encerramos a websérie. Para a professora do curso de pós-graduação em Psicologia da PUCRS, um dos maiores desafios para famílias e educadores é trabalhar em conjunto para desenvolver a autonomia dos estudantes em aprender – habilidade considerada fundamental no novo modelo de educação que se desenha: com atividades presenciais e a distância.

Fonte: Gauchzh