fbpx

Sidebar

28
Sáb, Maio

Conheça 10 aplicativos voltados para a educação

Notícias EAD

Pesquisa realizada em 2017 mostrou que maioria dos professores utiliza internet pelo celular em suas atividades.

O desenvolvimento tecnológico tem alterado radicalmente o ambiente escolar nos últimos anos. As instituições têm trabalhado para tentar aproveitar as ferramentas disponíveis e se adaptar ao novo comportamento dos alunos para aprimorar a difusão de conhecimento. Por outro lado, aprender à distância ou por conta própria tem se tornado cada vez mais fácil.

Uma pesquisa realizada pelo Centro Regional de Estudos para Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), divulgada em 2017, apontou que 91% dos professores do ensino médio utilizam a internet pelo celular em suas atividades. Destes, 85% avaliam que passaram a ter acesso a materiais mais diversificados ou de melhor qualidade e 94% passaram a adotar novos métodos de ensino.

Em relação aos alunos, 85% são usuários da internet, sendo que 77% acessam a rede pelo celular, 11% em tablets, 9% em computador de mesa e os demais via videogame e televisão. Esses números retratam um contexto que favorece que empresas e instituições busquem desenvolver ferramentas capazes de promover a educação por meio de novas tecnologias.

O número de aplicativos voltados para a educação, por exemplo, tem crescido consideravelmente. Mas, para ter sucesso, os desenvolvedores precisam considerar a peculiaridade e as necessidades do público do setor. Não basta fazer com que o usuário baixe o app, é preciso fazer com que o aluno permaneça na ferramenta e perceba seu aprendizado.

O consultor e engenheiro de software Rafael Melo, CEO da CroSoften, uma empresa focada em consultoria e desenvolvimento de tecnologias, explica que não basta ter um bom conteúdo, o app precisa ser atrativo para o público mobile. “O usuário precisa ter uma boa experiência, o que está muito relacionado a adequar estes apps com o que se usa hoje para outros fins, como a gamificação e os ambientes de interação semelhantes às redes sociais”, comenta o especialista.

Conheça alguns dos principais aplicativos relacionados ao ensino e à educação:

Socratic
Utiliza inteligência artificial para auxiliar no aprendizado de diversos assuntos como ciências, biologia, química, história, inglês, entre outros. Além disso, auxilia na realização de lições de casa. Foi avaliado pelo Google como o melhor de sua plataforma, sendo um aplicativo bem concebido e extremamente útil.

Coursera
Oferece cursos online de 115 universidades por todo o mundo, que vão desde programação, passando por empreendedorismo, nutrição, marketing, psicologia e outros.

Semper
Criado com o objetivo de treinar o raciocínio lógico e a velocidade de pensamento. Disponibiliza questões de matemática, idiomas e conhecimentos gerais e tem dinâmica para manter o usuário atento às atividades toda vez que desbloqueia o smartphone.

Duolingo
Considerado um dos melhores e mais baixados apps para ensino básico de idiomas em todo mundo.

QuizUp
Transforma os estudos em uma verdadeira “brincadeira”, no formato de um game em que o usuário seleciona as matérias para fazer testes e ganhar pontos. Permite, inclusive, a competição entre amigos.

Ortografa!
App para estudar o português, sendo útil para estudos e cotidiano. Permite aos usuários verificar frases e sentenças, não como um corretor automático, mas um orientador sobre o uso do português.

Gabaritar
Tem objetivo de ajudar na organização dos estudos e ainda inclui questões e editais. Permite ao usuário acompanhar por meio de gráficos sua evolução na resolução de questões.

Elevate
App para quem deseja treinar habilidades relacionadas à memória, expressão, concentração. Permite ainda escanear textos e fazer cálculos.

TED
Permite que os usuários assistam a palestras desenvolvidas pelo mundo, diretamente no celular ou tablet.

Primer
Textos e exercícios sobre Marketing, Conteúdo, Métricas, Design e Publicidade são oferecidos neste aplicativo do Google.

Fonte: Sistema Mineiro de Inovação