fbpx

Sidebar

13
Dom, Jun

Secretário da Educação reafirma a conectividade como necessidade básica do cidadão, durante o evento online Nossas Escolas Conectadas 2021

Notícias EAD

Rossieli Soares é embaixador da campanha que incentiva a instalação de medidor de internet nas escolas públicas

Rossieli Soares é embaixador da campanha que incentiva a instalação de medidor de internet nas escolas públicas

Nesta segunda-feira (7), em participação no evento online de lançamento da campanha Nossas Escolas Conectadas 2021, organizado pela Sincroniza Educação, Fundação Lemann e o NIC.br, o Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Rossieli Soares, falou que considera a conectividade um direito básico.

“Tecnologia é sempre um aprendizado. É um tema em que acredito muito, é uma das agendas mais transformadoras. Precisamos comparar este tema à água, à energia elétrica, ao saneamento básico, direitos básicos que todo cidadão tem e precisamos ter este entre o rol dessas necessidades básicas do cidadão brasileiro, a conectividade”, disse Soares.

A campanha Nossas Escolas Conectadas 2021 tem como objetivo incentivar secretarias de educação e escolas de todo o país a instalar o Medidor Educação Conectada.

O Secretário da Educação destacou os investimentos feitos nas escolas do Estado de São Paulo, onde 98% já contam com conexão wifi de fibra ótica e em breve todas estarão equipadas com o Medidor Educação Conectada, ferramenta gratuita desenvolvida pelo NIC.br em parceria com o Ministério da Educação (MEC) que monitora a qualidade da conexão de internet e permite o acompanhamento em tempo real das métricas de banda larga fixa nas escolas públicas do país.

“Posso garantir que seremos o primeiro Estado do Brasil a ter o medidor instalado em 100% da rede. Assumimos em 2019 e o Estado de São Paulo é, certamente, o que mais tem acesso, uma bela infraestrutura e tinha limite na maioria de suas escolas de 8 megas, e nem metade tinha acesso à fibra ótica. Hoje estamos com mais de 5 mil escolas conectadas com fibra ótica e já aumentamos a velocidade”, explicou Soares, que é o embaixador da campanha Nossas Escolas Conectadas 2021.

A formação dos profissionais foi outro ponto destacado pelo Secretário, que lembrou que nada substitui a escola, mas que nesse período de pandemia o processo do uso da tecnologia avançou muito. No Estado de São Paulo foram adquiridos mais de 65 mil equipamentos de wifi, que estão sendo entregues para as escolas.

A conversa foi moderada pela gerente de Conectividade da Fundação Lemann, Cristieni Castilhos, e, além de Rossieli, contou com a participação de Jaime Archundia, líder de política e engajamento do projeto Giga (UNICEF); Camilo Jiménez Santofimio, Diretor de Infraestrutura do Ministério das Tecnologias da Informação e Comunicação da Colômbia; Jack Lynch, chefe de operação da ONG EducationSuperHighway (EUA); Caio Callegari, secretário-adjunto da Secretaria Municipal de Educação de Mogi das Cruzes (SP); Ana Paula Manzalli, diretora da Sincroniza Educação, Paulo Kuester, analista de projetos do NIC.br e um dos idealizadores do Mapa de Conectividade

Fonte: Secretaria da Educação de SP