fbpx

Sidebar

18
Seg, Out

Conferência destaca luta pela equidade no próximo Plano Nacional de Educação

Notícias EAD

Ponta Grossa sediou debates da II Conferência Intermunicipal de Educação dos Campos Gerais, de maneira híbrida, etapa da Conferência Nacional de Educação 2022

Ponta Grossa sediou debates da II Conferência Intermunicipal de Educação dos Campos Gerais, de maneira híbrida, etapa da Conferência Nacional de Educação 2022

COM ASSESSORIAS – Ponta Grossa sediou nesta semana a segunda Conferência Intermunicipal de Educação dos Campos Gerais. Onze municípios estiveram representados nos debates, que compõem uma etapa da Conferência Nacional de Educação, tendo em vista a elaboração do próximo Plano Nacional de Educação (PNE) 2024-2034. “Inclusão, equidade e qualidade: compromisso com o futuro da educação brasileira” é o tema que forma as bases do próximo Plano.

As atividades ocorreram em formato híbrido, com palestras e discussões online, onde os inscritos debateram os temas da Conferência e presencial, com realização da plenária final e participação dos coordenadores e relatores das atividades online, além dos representantes dos municípios convidados. A organização é do Fórum Municipal de Educação, com apoio da Secretaria Municipal.

Entre os trabalhos foram elencados conquistas e retrocessos da área, lembrando o fato de as conferências serem grandes palcos de discussão e melhorias para a educação brasileira. As atividades foram realizadas nesta quinta e sexta-feira (07 e 08 de outubro). O texto base foi dividido em cinco eixos de discussão, onde 85 delegados municipais fizeram 27 propostas de melhorias. Cerca de 250 pessoas participaram da abertura, que já consta com mais de 1 mil visualizações. As discussões regionais serão agora levadas à Plenária Estadual, que ocorre no início de 2022. Depois, o texto paranaense segue para a Conferência Nacional de Educação (CONAE), a ser realizada em novembro de 2022.

A secretária municipal de Educação de Ponta Grossa, professora Simone Pereira Neves, aponta que as conferências são espaços para a articulação de políticas públicas para a melhoria da educação brasileira. “Esse momento que nós vivemos, com a realização da conferência, foi peculiar. É na discussão democrática, com união entre as pessoas, que podemos fazer com que as políticas públicas avancem. A história já nos indica a necessidade dos planos de educação para que se construam políticas de estado, perenes, para que a educação possa avançar”, indica.

Ela destacou os avanços dos planos anteriores e observa que a nova proposta traz com força um plano de equidade, igualdade e a inclusão. “A reinvenção que a escola tem que passar agora tem que trazer essas questões à discussão, porque aqueles que foram mais prejudicados durante a pandemia foram aqueles que já se encontravam excluídos e foram os que mais sofreram. Através da equidade nós poderemos ter as condições para que a tão sonhada igualdade possa fazer parte do nosso dia a dia”.

“Será somente com inclusão social, equidade e respeitando as diversidades, que vamos construir uma política pública para a educação que realmente seja perene e que traga mais qualidade para a nossa cidade, nosso estado e nosso país”.

A Conferência teve a participação de delegados e secretários de Educação de onze municípios – Carambeí, Castro, Imbituva, Ipiranga, Ivaí, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, São João do Triunfo e Tibagi.

Eurico Pereira de Souza Filho, presidente do Fórum Municipal de Educação, destacou a qualidade das discussões, que contribuíram com correções e ajustes ao plano de educação que irá ser implementado na década de 2024 a 2034. “O projeto piloto, composto com mais de 300 propostas e ações, contemplou os eixos temáticos da inclusão, da equidade e da qualidade como os compromissos vitais para a escola pública e a educação do futuro”, indica o presidente do FME.

Ele também chamou a atenção para a organização do evento e a participação ativa dos onze municípios envolvidos. “O Fórum Municipal de Educação de Ponta Grossa teve a honra de ser o anfitrião desta bem-sucedida reunião de trabalho, com a participação de professores, diretores de escolas, pedagogos e Secretários de Educação, com nossos profundos agradecimentos à Secretária de Educação do Município de Ponta Grossa”, citou Eurico Pereira.

Disponível Online

As discussões públicas online permanecem à disposição para consulta da população, por meio do canal do Núcleo de Formação, Avaliação e Tecnologia Educacional dos Profissionais da Educação (NUFAT), mantido pela Secretaria Municipal de Educação (SME). O endereço é youtube.com/NufatPontaGrossa.

Fonte: Correio dos Campos